jueves, 1 de marzo de 2012

Onde comer e o que comer!!!

O papo de hoje é sobre restaurantes. Meu desejo é oferecer alternativas aos restaurantes turísticos localizados ao longo de Las Ramblas, pois eles não tem uma boa relação qualidade-preço e, nem sempre, os produtos são frescos. Afinal, não é nada agradável estragar um passeio por causa de uma comida ruim.

Quando viajo gosto de experimentar os pratos típicos das cidades e países que visito. Acho que a comida é uma boa maneira de conhecer mais sobre o lugar e os hábitos das pessoas. Pensando nisto, fiz uma pesquisa, pelas ruas transversais de Las Rambla, em busca de restaurantes que oferecem uma boa comida catalã. A maioria deles eu conheço, já comi, e volto sempre que posso, outros foram recomendados por pessoas que vivem aqui.

Nosso passeio gastronômico começa pela rua Tallers, logo no começo das Ramblas, pertinho da fonte Canaletes. Ali é possível encontrar um restaurante bem simples, com toalhas de mesa quadriculadas, com um menu caseiro e catalão, de nome Restaurante Tallers. O menu diário, que tem primeiro e segundo prato, incluindo vinho, pão e sobremesa (postre, em castelhano), custa 8,75 euros.

Em geral, o menu é a opção mais barata na hora de comer em Barcelona. Na maioria dos restaurantes ele inclui bebida, pão, sobremesa e o IVA (um imposto sobre produtos). No entanto, não custa nada perguntar se realmente estes itens estão incluídos, para não ter surpresa na hora de pagar.

Seguindo na rua Tallers, você chega na rua Jovellanos. Nela tem três restaurantes bem legais. Um deles é o L'Oliva, com comida mediterrânea. Adoro este restaurante, pois, além de barato, a comida é deliciosamente catalã. O menu diário custa 11,65 e inclui bebida, postre ou café. Este restaurante oferece uma grande variedade de primeiros e segundos pratos, com frutos do mar, camarão (gambas, em castelhano), salmão, jamón (presunto), saladas, etc. Eu recomendo comer Escalibada (verduras feitas no forno ou na brasa e mergulhadas no mais puro azeite de oliva), parrillada de verduras (churrasco de verduras), ou experimentar um típico prato catalão: butifarra com mongetes (linguiça catalana com feijão branco).

O acompanhamento dos segundos pratos são, na maioria das vezes, batatas. Não tente encontrar arroz como acompanhamento, porque em terra de catalão arroz é prato principal. Digo isto, porque outro dia escutei um turista brasileiro falando para os seus amigos que queria comer um prato com carne e arroz. O mais perto da nossa carne que você vai encontrar é bistec de Ternera, um bife do filhote da vaca. Meu conselho é: se quer comer carne, opte pela de porco, pois é criado na Espanha e tem mais qualidade que a carne de vaca ou boi importada. De sobremesa nada melhor que pedir uma crema catalana, parecida com o creme burlé.

Um pouco acima do L'Oliva, tem um restaurante vegetariano chamado Teresa Carles. Ali não tem menu e os pratos estão entre 10,50 e 13,50 euros. No outro lado da rua, tem o restaurante La Ginesta, bem simples, com cara de taberna, que oferece dois tipos de menu: Do dia, 9,90, e, especial, 15,00.

Na rua Montalegre, onde está a Universidade de Barcelona, dentro do Patimanning, um edifício do século XVIII e antiga casa de caridade, tem um bar-restaurante que oferece um menu ao preço de 9,50. O melhor deste restaurante não é a comida em si, e, sim o lugar.

Seguindo pela região, recomendo o bar-restaurante Fidel. Para chegar nele, você passa pelo MCBA, Museu de Arte Contemporânea de Barcelona, pelos skatistas, que tomam conta do lugar, e por um dos cenário do Filme Vick, Cristina, Barcelona. O Fidel oferece um prato do dia a 8,00, acompanhado de pão e bebida. Se você não quiser o prato do dia, pode escolher um dos tantos sanduíches e saladas feitas por eles. O Fidel está em pleno Raval, um bairro alternativo de moradores imigrantes, artistas e lojinhas cool.

mcba



Voltando na rua Montalegre você chega na rua Pintor Fortuny, que tem mais restaurantes. Também se pode chegar nesta rua pelas Ramblas. 

Agora se você estiver morrendo de vontade de comer uma paella, um arroz negro ou um arroz caldoso com cigalas (um tipo de lagosta pequena) e estiver perto de Las Ramblas, o negócio é ir ao Cullera de Boix (colher de madeira, em catalão), rua Hospital, n.03. Ali os pratos são individuais e saem por 14,95 euros. O arroz negro é um prato típico da catalunha, feito com tinta de sépia, uma espécie de lula que não tem no Brasil, e por isto fica negro. Além da tinta, ainda tem Lula, Sépia e Camarão. Eu adoro frutos do mar e quando conheci o arroz negro não imaginava que existisse uma comida tão saborosa. Arroz caldoso tem bastante caldo, como diz o nome, e, na maioria das vezes, é feito com frutos do mar ou peixe.

 O arroz caldoso da foto foi feito pelo meu marido David Hernández, 
que cozinha super bem.

Mas, se o negócio for comer muito e pagar pouco, indico o Fresco, na rua Carmen, que tem buffet livre por 9,95. Só não espere muita qualidade.

Tenha atenção com o horário de comer. Em Barcelona a hora do almoço é às 14:00 e os restaurantes, não turísticos, fecham a cozinha, e até as portas, por volta das 16:30-17:00, voltando a abrir às 19:00 para o jantar. Se você se distrair com as belezas da região, vai ter que comer nos restaurantes das Ramblas mesmo!

Aproveite os sabores da comida Catalã e da dieta mediterrânea!

Bon Profit!!!!

9 comentarios:

  1. Amiga, voce esta arrasando no blog! Estou adorando seus textos, cada vez melhor!!! Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Obrigada, Amiga...Obrigada por acompanhar! bjo e saudade!

      Eliminar
  2. Cris, parabéns pelo Blog, escrita muito leve e gostosa de ler e muito informativo...é isso aí..jogue duro..Ju Bezerril

    ResponderEliminar
  3. hahaha, Flor (sou a Fer, de Cádiz) sabe que quando fui aí com minha amiga, comemos un sanduíche barato nas ramblas e pedimos duas coca-colas...o sanduíche foi coisa de 2, 30€ e as cocas... € 4,oo cada uma!!!!!! não sabíamos do preço antes, hahahaha. foi a coca mais cara que já tinha tomado!!!!!

    que pinta boa o arroz do Sr Rosa!!!!! me deu vontade!

    beijos,
    Fer

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Credo que coca mais cara!!!! Obrigada pelo elogio do arroz, na verdade estava uma delícia.

      beijo para ti, Fer

      Eliminar
  4. gostei de saber: eu comia bem barato (e recomendo) no Yauco e Pollo Rico na Sant Paul, onde fica a lateral do Teatro Liceu, Romani (ali por perto)m um galego atrás da generalitat, cujo nome me escapa agora(um polvo a la feira, huum!)
    Los pescadores(no barri gotic, perto da pequena loja de discos Peix), Els tres... bem em frente ao Mercat Sant Antoni, e tinha um delicioso no coração do Raval, numa rua que começa nas ruínas da igreja romana. Um pouquinho mais caro, mas se comia lá era po rque o preço era muito baixo mesm. E quando a fome apertava e não dava pra ir atrás de comida catalã, um falafel e samosa seguravam a onda...
    rogerio campos
    obrigado pelas dicas

    ResponderEliminar
  5. Que leitura gostosa, de dar agua na boca. Dicas anotadissimas e visita no site sempre garantida. Abraços,

    Paula
    www.mochilinhagaucha.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Oi Paula, obrigada!!! :) Teu blog tb é muito legal. bjo

      Eliminar

Vou adorar saber o que você está pensando!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger.../a>